quinta-feira, 17 de março de 2011

E agora?



Agora aguardamos.
Agora... esperamos por amanhã.

Sem comentários: